ARTIGOS

Perdoar é Amar!




Autor: Isadora Andriola
Data: 08/10/2016

Você já se decepcionou?

Com certeza, não é mesmo?

A nossa personalidade é diferente da dos outros, e é isso que tornam os relacionamentos tão belos e únicos, mas também é por causa dessa diferença que existem os desentendimentos.

É muito fácil dizer que ama alguém quando este nunca lhe fez algo mal, mas só tratou bem o outro e em nenhum momento lhe magoou. Mas qual proveito tiramos de amar alguém que jamais nos feriu? Jesus já nos ensina: "Se amais somente os que vos amam, que recompensa tereis? Se saudais apenas os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário?" (Mateus 5, 46-47)

Quando amamos demais outra pessoa queremos sempre estar ao seu lado e lhe proporcionar alegrias, mas como não somos perfeitos não temos como garantir, 100%, que não iremos lhe desagradar. Da mesma forma essa outra pessoa também não pode nos dar essa garantia. E é isso que há de mais lindo nos ensinamentos de Jesus, porque Ele nos ajuda a encontrar o verdadeiro amor quando sentimos a dor de uma decepção, seja ela grande ou pequena, e perdoamos a quem nos feriu. Para chegar a amar alguém precisamos conhecê-lo, como nos diz Santo Agostinho "Só se ama aquilo que se conhece", portanto é preciso buscar conhecer o outro, entender o seu jeito, procurar saber o que o levou a agir de tal forma, e assim haverá mais clareza no entendimento das ações do outro, como também será mais fácil perdoa-lo, então dessa maneira a pessoa se sentirá mais amada, e nós nos sentiremos muito melhores em carregar compaixão dentro do coração, ao invés de rancor.

Jesus ainda nos ensina que devemos perdoar "70x7", significa dizer que o perdão é sempre necessário, por mais que seja doloroso perdoar, é impossível viver sem amor.

Quanto mais se ama, mais se perdoa!

 

Confira outros artigos de Isadora Andriola

Diálogo: A ponte para um bom relacionamento

Você escuta ou ouve o outro? Para você existe diferença entre escutar e ouvir o outro? Quando ouvimos percebemos o som, a palavra, através do sentido da audição, por outro lado, quando escutamos, estamos conscientes do que ouvimos, ou seja ficam...

Saiba mais informações

CONFIRA AQUI TODOS OS ARTIGOS

INÍCIO
LITURGIA DIÁRIA
HISTÓRIA
FOTOS
COLUNISTAS
VÍDEOS
NOTÍCIAS DA IGREJA
FALE CONOSCO